Tá Contratado – Notícias e Novidades


Sonhar é bom demais, é uma dádiva, pois é de onde nasce a esperança, que nos inspira, motiva e empodera. Mas a esperança por si só não nos transforma.

Atenção, a esperança não é uma estratégia. Qualquer estratégia relevante precisa de um plano de ação consistente, e este último não pode ser somente uma lista de desejos.

Por outro lado, a esperança precisa estar viva sempre, uma vez que é a fonte de um combustível essencial para nossa vida, a garra.

Recorro as palavras de Angela Duckworth: “Tenho a sensação de que amanhã será um dia melhor é diferente de estou decidido a fazer de amanhã um dia melhor. A esperança das pessoas que têm garra nada tem a ver com sorte e tudo a ver com levantar-se de novo”.

Ou seja, reforça o ponto de que esperança motiva, mas sozinha não move. A garra move, a garra transforma talento em habilidades. E transforma habilidades em êxito.

Mas existem os tempos de plantio, tempos duros, em que a energia da garra deve ser usada para a resiliência. Pensem no que aconteceu durante a pandemia, por exemplo. Era hora de resistir, hora da resiliência.

Sobre isso busco outras sábias palavras, de Ana Beatriz Barbosa Silva: “Os resilientes são a prova do poder incalculável que o cérebro possui de se reinventar. A neuroplasticidade deles é testada nos limites máximos, e em razão disso os resilientes aprendem não somente a sobreviver, mas também a ressignificar suas vidas.”

A garra move, a garra transforma talento em habilidades. E transforma habilidades em êxito

Fica claro que você deve encarar tempos difíceis como uma janela única para criar novos significados, por isso falei em plantio.

A única certeza da sua vida profissional, na verdade de toda a sua vida, é que tempos difíceis virão, coisas que não controlamos acontecerão de forma inesperada, desde um simples corte de orçamento até a chegada uma pandemia assustadora.

Nessas horas sejamos estoicos, não controlamos o vento, mas controlamos as velas. Não precisamos de astrólogos para saber que tempos bons também acontecem e virão, até porque tudo passa, incluindo a pandemia assustadora.

Então, aí temos o tempo da colheita, da realização dos sonhos. É quando a esperança vai para rua, alimentando a garra. Quando sua vida ressignificada pela resiliência gera a coragem de mudar.

Sim, você pode ter certeza, seus sonhos se realizarão, mas se você colocar a mão na massa e tiver coragem de assumir novos riscos. Você não é refém, você é dono do seu destino, realize os seus sonhos. Renasça, recomece, refaça, reviva, pois lembre que “a vida é aquilo que acontece enquanto você está ocupado fazendo planos”, como nos ensinou o John Lennon.

Sonhos não realizados são esperanças desperdiçadas, melhorias não concretizadas, vida não significada. Você pode mudar, seja protagonista. Quando você muda, o mundo muda!

As citações de Angela Duckworth e de Ana Beatriz Barbosa Silva são dos seus respectivos livros, Garra (Ed. Intrínseca) e Felicidade (Ed. Principium), os quais recomendo a leitura.



Fonte: Neofeed

Tagged:

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts